sábado, 9 de janeiro de 2010

A COLUNA DO JORGE...


(FOTO DE LEONARDO BRAGA PINHEIRO)

Casais homossexuais não podem adoptar? E os tradicionais trocam crianças por cães!


Existem realmente situações que me chocam. Quando penso já ter visto e ouvido um pouco de tudo, eis que sou surpreendido por algo novo.
Pois o caso que vos conto a seguir é verídico e recente.
Um casal em lista de espera há já alguns anos quando por fim recebeu a criança pela qual tanto ansiava, teve que a "devolver", isto porque a criança tinha medo do cão que a família possuía.
Isto é ridículo, ou seja em vez de a família ter como principio e objectivo ajudar e incentivar a criança a brincar com o cão, em vez de prenderem o cão temporariamente até a criança se sentir confortável a conviver com o animal, não, opta-se por devolver a criança à instituição. É realmente desumano, mostra realmente que Deus pensou em tudo neste caso quando não permitiu a este casal que tivessem filhos.
Há de facto pessoas que não possuem qualquer tipo de noção do ridículo, como é possível sujeitar-se uma criança ao mesmo trauma de abandono pela 2ª vez, desta trocada por um cão, conseguem imaginar como esta criança se estará a sentir, o que passará naquela cabeça inocente.
Para este casal só posso dizer que deviam ser punidos judicialmente para aprenderem a não brincar com a vida e os sentimentos dos outros em especial de uma criança.

JORGE NEVES

2 comentários:

Anónimo disse...

Caro Jorge Neves

Vai-me desculpar, o facto de existir um casal de atrasados mentais que receberam uma criança, em adopção, depois a devolveram pelo motivo que aponta, não justifica, a adopção pelos casais homosexuais (gente muito sensível às coisas do sexo, como todos sabem).

Eis aqui a questão, "os tais casamentos" ainda vão dar que falar.

L. Pereira

Jorge Neves disse...

Tambem não digo que concordo, só não concordo que a Lei o possa proibir.