segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

BAIXA: UMA DESGRAÇA NUNCA VEM SÓ



Valerá alguma coisa andarmos para aqui a puxar pela Baixa, como quem puxa uma carroça, para acontecer uma coisa destas? De que vale andarmos a apregoar aos sete ventos andarilhos de que arriscar no Centro Histórico é uma boa aposta se, como se extrai daqui, do jornal As Beiras, ninguém acredita que esta terra que pisamos será, num futuro muito próximo, Canaã, a terra prometida. Será a falta de fé de uns, ou a falta de convicção de outros?
Enfim; que coisa triste. Quem me dera ter uns milhões, que saberia bem o que deveria fazer aqui nesta terra de esperança, que é o Centro Histórico...

6 comentários:

Lapa disse...

Não se admire, meu caro amigo Luís Fernandes, com o exemplo da impunidade que impera no Stand(er)/sucateira da Estrada de Eiras. Já nada disto me surpreende. Estes gajos além de serem incompetentes são corruptos!
Havemos de contribuir para por cobro a estas aberrações.

Jorge Neves disse...

Coimbra não passa de lindas maquetes para a comunicação social, para alguma e claro.A realidade e lixo aos montes no chão,sem-abrigos, e toxicodependentes a vagear pelas ruas.

Daniel disse...

Sr. Jorge Neves, não seja tão pessimista.
Nem tudo o que se faz em Coimbra se resume ao que é feito na baixa, e felizmente Coimbra é muito mais do que apenas a baixa.

Basta enumerar alguns projectos em execução e outros que estão previstos:
-Hospital Pediátrico de Coimbra
-Polo de Ciências da Saúde
-Conservatório de Coimbra
-Coimbra iParque
-Centro Cultural e de Congressos no Convento de S. Francisco
-Variante sul do IC2 / Circular externa de Coimbra
-Estação intermodal de Coimbra
-Metro Mondego
E muito outros que agora não me lembro.

Jorge Neves disse...

Muito bem srº Daniel, mas a baixa tambem é Coimbra, não sou pessimista, sou bastante realista, e todos dias faça chuva ou sol,ao fim do meu dia de trabalho, dou a minha caminhada pela Baixa, e cada vez mais sinto o abandono que esta sujeita pela CMC e não só.

Daniel disse...

A CMC e a SRU têm feito um bom trabalho na reabilitação urbana da baixa e da alta. Em relação ao comercio, já o disse muitas vezes, que em parte a culpa também é dos comerciantes e das pseudo associações que os representam (ACIC e APCB) que deveriam dinamizar o comercio da baixa. E por estranho que parece vocês nunca criticam estas associações.

Basta ver o que aconteceu no Natal: "Este ano a APBC propôs aos comerciantes fazerem as suas montras de Natal gratuitamente com uma vitrinista profissional. Aderiram à iniciativa 12 lojistas que têm agora montras decoradas especialmente para a época, num esforço conjunto de criar um ambiente natalício. -Diário de Coimbra" Numa iniciativa gratuita, só aderiram 12 comerciantes. Isto mostra bem os que os comerciantes fazem, ou melhor deveriam fazer, pelo negócio. Como cliente das lojas da baixa, gostaria de ter visto as montras mais decoradas no Natal. Agora também vão dizer que a culpa é da CMC?

Anónimo disse...

Esta da SRU, Sr. Daniel desculpe ,mas deverá andar distraído, ou quem o informou brincou.
A SRU na Baixa que eu saiba fez zero.
Bem sei que existe muita gente neste gabinete, mas olhe sinceramente, até pensei tratar-se de ulguma marca de produtos. Desculpe-me a minha ignorância. Mas foram atribuídos subsidios para fazerem alguma coisa na Baixa. Mas sinceramente ainda ninguém viu nada. O que se sabe é que existe gente muito bem paga, para fazer alguma coisa.
Julgo ser urgente esta gente fazer um pouco mais pela Recuperação Urbana da Baixa.