quinta-feira, 16 de julho de 2015

A PÁGINA DA BAIXA





IMAGEM E EDIÇÃO: ALEX RAMOS
LOCUÇÃO E REALIZAÇÃO: LUÍS FERNANDES


A PÁGINA DA BAIXA


AVALIAÇÃO DO NOSSO PROVEDOR DO LEITOR


PONTOS FORTES DESTE VÍDEO:


-O extraordinário trabalho fotográfico do Mário Afonso.
-A desinteressada e fantástica realização do Márcio Ramos (mais conhecido como Alex nos meios video-gráficos) e a merecer, pelo público, um segundo olhar e pelo director do blogue um enorme agradecimento. Se bem que, tenho dúvidas, não sei se não estará a ser vilmente explorado pelo realizador.


PONTOS FRACOS:


-O entrevistador precisa urgentemente de uma professora de comunicação. Enquanto não surge a hipótese, pelo implícito amadorismo, pelo tartamudear constantemente, pedimos desculpas aos nossos leitores/ouvintes/espectadores. Em minha opinião, Esta amostra de “pivot” deveria deixar estas aventuras e continuar na escrita ou, sei lá, se calhar, dedicar-se à agricultura. Esta cavalgada não é para ele. A falta de competência é gritante. Cada cliente (leitor do blogue) que consegue chegar ao fim do vídeo deveria ter direito a um pequeno-almoço no Café Nicola.
-Para um melhor trabalho futuro, é necessário contratar uma especialista em caracterização. O requisito essencial é que seja boa, muito boa, e para todo o serviço. A remuneração é a perder de vista. Isto é, a pagar quando se puder. Tem de ser aplicada no que faz e tudo feito com amor. Aceitam-se inscrições em carta fechada e com a melhor proposta. É obrigatório juntar uma foto nua.
O ar de rafeiro do entrevistador é decadente. Valha-nos Deus! –como diria o Diácono Remédios. Não havia necessidade!

1 comentário:

SuperFebras disse...

Amigo

Uma pergunta para a qual não preciso de resposta: como é que eu por aqui a sete mil quilômetros de distância, a viajar até Portugal seis vezes nos últimos 36 anos, passando em média duas semanas de férias por aí em alta correria visitando amigos e familiares, alguma vez iria encontrar estas belas artes, feitas por raios de luz que tão bem foram capturados pelo grão mestre Mario Afonso?

O quão importante é o seu trabalho. Está no seu todo, também ele, a tornar-se numa bela obra.

Um abraço agradecido ao cinematógrafo Alex.
Para si o mesmo de sempre e algo singular que me é permitido oferecer- lhe, um grande abraço
Álvaro José da Silva Pratas Leitão