quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

UM COMENTÁRIO RECEBIDO SOBRE...



Daniel deixou um novo comentário na sua mensagem "UMA ESPLANADA POLÉMICA NA BAIXA":


Parece-me bem a ideia da esplanada, é uma forma de ocupar e dar vida a um largo que actualmente é um espaço vazio, subaproveitado, sem nada de atractivo, vai ajudar a chamar gente para essa zona e as lojas vão beneficiar com isso. Tal como a Praça Velha, deve-se tornar um espaço mais aprazível, com restauração, esplanadas e zona para espectáculos.
Espero que aproveitem para recuperar o edifício da garrafeira que está bastante degradado.

1 comentário:

Joana Nogueira disse...

Viseu,Guimarães,Braga,Funchal,Aveiro...percorre-se os centros históricos/zonas comerciais tradicionais e o que se constata é que co-colaboração deu lugar à competitividade, o trabalho conjunto e articulado entre os comerciantes e associações locais(esquecendo-se do poder publico, até porque as pessoas querendo juntas, são uma força maior)criou um espaço e tecido social com uma dinâmica alegre, entusiasta, diversificada, esteticamente apelativa, cidades onde se tem de ir para aprender o que o recolhimento contínuo no nosso espaço não deixa ver. Imagino-me sentada numa esplanada, situada numa praça especial, a provar os nossos sabores e de repente uma amiga dizer espera aí que vou ali ver aquele vestido que parece bem giro, ou querendo uma florista que vem mesmo a calhar tal qual uma migalha das ruas de Paris, me oferecer uma montra de jardins que certamente vou levar para casa. São exemplos que por alguma razão que às vezes me parece estranha as pessoas não conseguem perspectivar indo antes por um caminho que numa honesta auto-reflexão, só a elas lhes faz mal. Desejo que todos, mesmo todos, no meio de algum pessimismo possam um dia comer um bom queijo acompanhado por excelente vinho mesmo à porta do seu espaço e percebam que a conciliação e partilha é muito mais gratificante que a manutenção numa zona de conforto de algo que mesmo sendo mau, se teima em não sair.